Marketing digital para médicos: saiba como fazer da maneira correta

Marketing digital para médicos: saiba como fazer da maneira correta

Sua capacidade profissional é inquestionável, você tem um consultório bem equipado e conta com uma boa equipe. Se ainda assim a sua agenda não anda cheia de consultas, o problema pode ser a falta de divulgação. E a saída pode ser adotar uma estratégia de marketing digital para médicos.

De fato, diante da grande oferta de clínicas e consultórios, o reconhecimento pelo público ganha uma importância cada vez maior. No entanto, as faculdades de medicina geralmente não preparam os médicos para lidarem com essa realidade do mercado. Daí a importância de investir em marketing e propaganda.

Mas antes de tudo é preciso se informar, uma vez que a área oferece algumas limitações devido às próprias questões éticas da profissão. Por isso, neste post, apresentamos algumas dicas de marketing digital para médicos e quais os cuidados necessários. Acompanhe!

O que é marketing digital?

É provável que você saiba o que é marketing, mas entende a diferença dele para o digital? Pois bem, trata-se de ferramentas e estratégias desenvolvidas exclusivamente para a internet. Assim, são utilizados sites, mídias sociais, blogs, sites de busca, entre outros.

A internet é um ambiente completamente diferente do físico tanto por suas características de acessibilidade e navegabilidade quanto pela sua própria dimensão. Os usuários podem visualizar e compartilhar conteúdos e conversar entre si, de forma a obter uma quantidade de informação que antes não era possível.

tecnologia se desenvolveu e facilitou a interação entre as pessoas, mesmo que de maneira indireta. Dessa forma, empresas, instituições públicas e mesmo profissionais liberais podem utilizar esse espaço para divulgar seus produtos e serviços de acordo com os interesses do público.

Por que é importante investir em marketing?

Para alguns médicos, o boca a boca pode funcionar bem para atrair e reter pacientes. Outros já preferem investir em anúncios de revistas, folhetos, catálogos de bairro, entre outros meios. Ora, então por que investir mais ainda em marketing digital?

Veja bem: não é que as estratégias citadas não deem certo, porém, podem ser insuficientes. O fato é que o comportamento das pessoas mudou, e isso exige uma mudança também na forma de se relacionar com elas.

Basta reparar na sua própria rotina. Provavelmente você tem um smartphone com diversos aplicativos, faz pesquisas na internet o tempo todo e, sempre quando pode, checa os seus perfis no Facebook e no Instagram.

Os seus pacientes não são diferentes. Eles também passam muito tempo olhando para as telas do computador, do celular ou do tablet. E se eles estão na internet, é lá que você precisa divulgar os seus serviços!

Quais as vantagens do marketing digital para médicos?

Quando você faz um anúncio em uma revista ou distribui folhetos no seu bairro, eles chegam a todo tipo de pessoa. Uma grande vantagem da internet é, justamente, a segmentação. Assim, por maior que seja o alcance dela, é possível direcionar as ações para um público específico, de acordo com a preferência dos próprios usuários.

Isso significa que você pode divulgar seus serviços apenas para aqueles realmente interessados. Além do assunto, dá para direcionar também pela idade, localização e outras características. Por ser tão segmentado, não é difícil concluir que fazer marketing digital para médicos é muito mais barato que os métodos de divulgação tradicionais.

Quais as principais estratégias de marketing digital para médicos?

Se até aqui você se interessou pelo marketing digital, mas não tem ideia do que fazer, calma que vamos ajudar. Listamos algumas das principais estratégias. O ideal é que todas elas sejam feitas em conjunto, de modo complementar.

Caso não seja possível de imediato, basta ir investindo aos poucos, conforme o funcionamento de cada uma. Confira!

Site otimizado

Ter um site é o primeiro passo e o mais importante de todos. Ele deve ser objetivo, com navegação simples e, claro, bonito. Mais do que isso, é fundamental que ele seja otimizado para mecanismos de busca. Assim, um paciente em potencial pode encontrá-lo com facilidade.

E-mail marketing

É uma maneira eficiente de divulgar seus serviços e, principalmente, de fidelizar os seus pacientes. Dá para manter um relacionamento com eles, dando dicas de saúde, contando sobre novidades no consultório etc.. A simples lembrança de um aniversário já pode deixar seu paciente bem mais satisfeito!

Marketing de conteúdo

Consiste na prática de produzir conteúdo de qualidade sobre um determinado assunto e para um público específico. Se você já entrou em um blog de saúde depois de fazer uma busca na internet, saiba que essa é apenas mais uma estratégia de marketing digital para médicos.

Mídias sociais

Ter uma página no Facebook, Instagram, LinkedIn e outras redes sociais é um jeito de interagir diretamente com o público. Além disso, por meio do compartilhamento, das curtidas e comentários, os próprios usuários ajudam na divulgação.

Inbound marketing

O inbound marketing é uma estratégia mais completa, que reúne todas as anteriores, de maneira interligada e complementar. Assim, um post do blog pode ser compartilhado nas mídias sociais ou enviado por e-mail, atingindo bem mais pessoas.

Links patrocinados

São aqueles anúncios que aparecem logo no início das pesquisas em buscadores da internet, como o Google. A grande vantagem é atingir pessoas, de fato, interessadas nos seus serviços. Porém, é preciso pagar sempre que o usuário clica no link do anúncio.

Quais cuidados os médicos devem tomar ao fazer marketing?

Apesar do marketing digital para médicos ser bastante eficiente, existem algumas limitações. Isso porque a divulgação de serviços na área segue critérios mais rigorosos, de acordo com a ética da profissão.

Para regular a atividade e impedir abusos antiéticos, o Conselho Federal de Medicina determinou algumas regras que devem ser respeitadas por todos os profissionais. As determinações fazem parte da resolução 1974/11.

É importante ler esse documento com cautela. Veja os principais pontos:

  • não anunciar uma especialidade diferente da sua, ainda que esteja fazendo residência na área;
  • não fazer propaganda enganosa;
  • os preços de consultas e procedimentos não devem ser divulgados;
  • é proibido exibir fotos de pacientes, mesmo com consentimento;
  • o médico não deve divulgar informações alarmistas ou sensacionalistas;
  • não é permitido fazer consultas ou prescrições à distância.

Enfim, a internet oferece meios eficazes e baratos de divulgação. O que não quer dizer que seja algo simples. Por isso, é fundamental contar com profissionais e empresas especializados em marketing digital para médicos, que conheçam as melhores estratégias para esse mercado e entendam suas limitações.

Gostou dessas dicas de marketing digital para médicos? Quer conferir mais posts como este? Então, assine nossa newsletter e receba todas as novidades!

Dê-nos sua opinião