PE html> Como montar um consultório médico? 7 passos | SimDoctor

Como montar um consultório médico? 7 passos para abrir o seu!

Como montar um consultório médico? 7 passos para abrir o seu!

Você termina a faculdade de Medicina, quer atuar no mercado e a primeira ideia é, justamente, ter seu próprio negócio. Mas como montar um consultório médico? 

Apesar de todo o conhecimento técnico-científico adquirido na graduação, residência ou outros cursos, nessa hora é preciso estar atento a detalhes de gestão.

Afinal, é sua entrada no empreendedorismo e é necessário que o local seja preparado de modo a atrair e fidelizar pacientes, destacando-se da concorrência.

Quer saber o que fazer para abrir seu consultório médico? É só seguir os 7 passos que listamos neste post!

1. Escolha o público-alvo

O primeiro aspecto é identificar qual público específico você vai atender. Então, a partir do perfil dos pacientes da sua especialidade, já é possível delimitar quais são as faixas etárias predominantes. Mas, além disso, é preciso saber as condições socioeconômicas.

Essa definição tem uma relação com a sua categoria de atendimento, que pode ser clínica popular, atendimento via convênio médico e particular ou ainda somente particular. Outro fator é se você vai atender junto a outros colegas, oferecendo mais de uma especialidade.

2. Defina a localização

Com a escolha do seu público-alvo, chega o momento de definir a localização do seu consultório. Desse modo, pode escolher regiões mais centrais, que sejam servidas pelo transporte público ou próximas a postos de saúde, ou bairros mais afastados, caso seus pacientes tenham veículo próprio, por exemplo.

Verifique ainda se há a necessidade de fazer convênios com estacionamentos ou se é fácil encontrar vagas próximas. 

Outro ponto é em relação ao investimento que deverá ser feito. Muitas vezes, escolher um local de acesso facilitado, com rampas já construídas, pode poupar recursos.

Aliás, analise bem a infraestrutura e veja se é condizente com o perfil do seu público. Um local em que seja preciso subir escadas para acessar as salas de atendimento pode não ser adequado se os seus pacientes são idosos, certo?

Já se o seu público inclui crianças, considere uma sala de espera que tenha um espaço para brinquedos ou para deixar mesinhas com desenhos e lápis de cor.

3. Calcule os custos

Uma etapa importante é fazer uma previsão de gastos para as diversas adequações no imóvel escolhido, como manutenções e investimentos.

Nesse ponto, tenha em mente que o recomendado é ter o hábito de controlar as finanças do seu negócio desde o início do funcionamento, registrando as receitas e despesas e realizando um planejamento para uma gestão financeira sustentável.

Buscar formas de otimizar seu atendimento também é bem-vindo para reduzir custos, como o uso de softwares de gestão para clínicas e consultórios, como vamos detalhar mais adiante.

4. Tenha atenção às exigências legais

Ao abrir um negócio, independentemente da área, é preciso enfrentar uma série de burocracias. Todavia, no segmento da saúde, as exigências são ainda maiores, por isso é necessário pesquisar sobre os aspectos que é preciso cumprir para evitar multas ou outros problemas com seu consultório.

Estas são algumas das documentações necessárias para que tudo fique em ordem:

  • alvará de funcionamento junto à prefeitura;
  • registro do consultório no Conselho Regional de Medicina (CRM);
  • autorização da Vigilância Sanitária;
  • vistoria do Corpo de Bombeiros;
  • documento para a coleta de lixo de saúde/hospitalar a fim de evitar contaminação;
  • realização do Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES), do Ministério da Saúde.

5. Capriche na decoração

Depois de correr atrás da documentação, um dos próximos passos para abrir o consultório médico é caprichar na decoração. O fator central aqui é oferecer conforto e uma boa impressão para os seus pacientes.

Então, dê preferência para cores suaves e neutras e invista em móveis para que o público possa esperar tranquilamente pelo atendimento. 

Sofás e poltronas, revistas atualizadas e em bom estado, além de um espaço com água e café farão a diferença para que seu paciente se sinta acolhido. Procure organizar o mobiliário de modo a manter uma boa circulação entre uma área e outra.

É recomendado ainda climatizar o ambiente e ter uma boa iluminação. Colocar uma televisão ou música ambiente, bem como uma rede wi-fi disponível também vai contar pontos para a sua sala de espera. Afinal, é muito comum que as pessoas fiquem esperando sempre com o smartphone na mão.

6. Monte a equipe responsável pelo atendimento

Não dá para falarmos sobre como abrir um consultório sem pensar na equipe que vai oferecer o suporte necessário tanto para você quanto para seus pacientes.

Com o seu consultório organizado e decorado, você pode montar a sua equipe. A dica aqui é ser criterioso na seleção para escolher profissionais que se identifiquem com a cultura e valores do seu negócio.

Assim, além do conhecimento e experiência técnica, avalie ainda o perfil comportamental para que seus pacientes possam receber um atendimento humanizado. Considere, se necessário, realizar treinamentos para padronizar e elevar a qualidade dos seus serviços.

7. Conte com a tecnologia 

Se você busca as melhores dicas de como abrir seu consultório médico, precisa saber como é essencial contar com um software específico para a gestão de clínicas médicas. Essa é uma ferramenta que oferece diferentes módulos, agilizando a administração e atendimento aos pacientes.

Com a tecnologia certa, como o sistema da SimDoctor, você passa a contar com uma variedade de funcionalidades para o seu negócio, entre elas:

  • agendamento online de consultas;
  • lembretes automáticos de consultas via SMS;
  • gestão financeira do consultório;
  • prontuário eletrônico do paciente;
  • emissão e envio de nota fiscal eletrônica;
  • geração e envio de prescrição de medicamentos e atestados médicos.

Desse modo, além de poder atender por teleconsulta, você pode contar com uma equipe mais enxuta e ainda eliminar o uso de papel em seus processos. Assim, além da economia de recursos, não precisa de um local físico para fazer o armazenamento de documentos, pois eles ficam seguros em arquivos digitais.

Sem contar que poderá oferecer um diferencial aos seus pacientes, que terão a comodidade de fazer o agendamento online. Com isso, terá sucesso no mercado, fidelizando seu público.

Agora você já sabe como montar um consultório médico de modo a atender o que exige a legislação e também a prestar um atendimento diferenciado. Considere ainda o investimento em ações de marketing para divulgar o seu negócio, mas sempre seguindo as normas de publicidade médica do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Busca mais conteúdos de gestão da sua clínica ou consultório? Siga as nossas páginas nas redes sociais: estamos no Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn sempre trazendo novidades. Não perca!

Comments are closed.