Afinal, vale a pena realizar atendimento por convênio?

Afinal, vale a pena realizar atendimento por convênio?

O atendimento por convênio é uma das opções de clínicas e consultórios para pacientes que contam com planos de saúde e não conseguem arcar com consultas particulares. Porém, muitos gestores não sabem se vale a pena investir nesse tipo de atendimento.

O questionamento é normal, pois, muitas vezes, os benefícios e prejuízos dessa modalidade não são de conhecimento geral. A grande quantidade de conveniados pesa a favor enquanto o baixo valor da consulta é um dos impeditivos.

Para ajudá-lo nessa decisão, trazemos, neste artigo, as principais vantagens e desvantagens do atendimento por convênio e meios de analisar esses fatores para tomar a escolha ideal para a sua realidade. Acompanhe a leitura!

Como funciona o atendimento por convênio?

O atendimento de convênio é realizado por meio de planos de saúde, pelos quais os pacientes pagam uma mensalidade em troca de consultas e exames. Dessa forma, o repasse do dinheiro é menor para a clínica, que recebe apenas uma porcentagem do valor da consulta.

Os conveniados dispõem de um catálogo com as clínicas conveniadas e, na maioria dos casos, têm liberdade para escolher em qual querem ser atendidos. Isso dá um alcance grande para os consultórios, que podem conseguir muitos pacientes por esse meio.

Quais são as vantagens dessa modalidade?

Os convênios podem ser uma porta de entrada para profissionais e clínicas que estão começando. Vamos conhecer algumas vantagens dessa modalidade.

Maior divulgação da clínica

Um grande benefício do convênio é a visibilidade que se ganha no mercado. A ligação com uma ou mais operadoras de saúde aumenta o movimento, pois os pacientes procuram especialistas nas clínicas conveniadas.

Dessa maneira, as listas de consultórios e clínicas do convênio tornam-se uma publicidade natural e trazem mais reputação para o negócio, deixando menos responsabilidade para atração de novos pacientes.

Crescimento do número de pacientes

A tendência é que o número de pacientes cresça rapidamente, pois a quantidade de pessoas conveniadas e a oferta nos catálogos fazem a clínica ser procurada com mais frequência, além de melhorar a reputação da empresa. 

Para manter o movimento, é preciso prestar um atendimento de qualidade, o que aumenta a possibilidade de fidelização. Quanto melhor for a experiência do paciente, maior será a possibilidade de ele retornar ao consultório.

A maior quantidade de pacientes também contribui para diminuir o tempo ocioso dos profissionais da clínica. Assim, o trabalho é mais bem-aproveitado, e todos podem contribuir para o sucesso do negócio.

Aumento do fluxo de caixa

Com a maior divulgação, o crescimento do número de pacientes e a fidelização, a próxima consequência será o aumento do fluxo de caixa. Mesmo o valor do repasse da consulta sendo menor, o volume de consultas fará a compensação.

A maior estabilidade nas finanças é importante para a gestão da clínica, que conseguirá ter uma previsão melhor dos ganhos, podendo planejar novos investimentos estruturais ou em profissionais.

Quais são as desvantagens?

Mesmo com as vantagens, nem toda clínica ou todo profissional deseja oferecer o atendimento por convênio. A dúvida existe porque as desvantagens também estão presentes. Vamos conhecer algumas delas!

Valor das consultas

A principal reclamação das clínicas em relação aos convênios está no valor da consulta. As operadoras fazem o repasse de um valor muito abaixo em comparação às consultas particulares.

O repasse abaixo dos padrões desvaloriza a profissão e pode obrigar os consultórios a fazerem muitos atendimentos para receberem uma quantia que compense a parceria.

Burocracia

Além do baixo valor, a burocracia das operações também incomoda as relações entre clínicas e convênios. A demora para que um paciente possa iniciar um tratamento e o pagamento realizado somente 30 dias após o atendimento são fatores que também atrapalham os processos.

Algumas vezes, a avaliação do estado de saúde de um paciente é tão demorada que impede a realização do tratamento adequado, obrigando-o a procurar outra solução.

A burocracia no atendimento também incomoda. Para atender a algum plano, muitas exigências precisam ser cumpridas. O excesso de documentos para preencher atrasa a rotina e pode trazer descontentamento para pacientes e funcionários do consultório.

Consultas mais curtas  

Com o crescimento da demanda, os atendimentos precisam ser mais curtos. Como o repasse financeiro não é suficiente, alguns profissionais precisam atender muitos pacientes em um mesmo período.

A pressa pode diminuir a qualidade do serviço, e essa queda pode ser notada pelos pacientes. Os efeitos colaterais podem ser a propaganda negativa e a não fidelização desses clientes.

Qual é o melhor para a sua clínica?

Essa é uma decisão que precisa ser muito bem-analisada. O atendimento por convênio oferece vantagens para quem está começando, mas também carrega desvantagens que precisam ser levadas em consideração.

Antes de tudo, é importante entender qual é o momento da sua clínica. Se ela está começando, os benefícios podem ser mais valiosos do que os prejuízos. Por outro lado, se você tem um nome conhecido no mercado e uma clientela fidelizada, talvez o baixo valor do convênio torne essa opção inviável.

Porém, apenas a fase do negócio não é suficiente para tomar a decisão. Portanto, avalie todos os prós e contras e descubra se o atendimento por convênio traz lucro ou prejuízo para a clínica. Mesmo que a preocupação principal seja a saúde, a gestão financeira também deve ser priorizada e faz parte do processo de decisão.

O bom atendimento é um dos principais modos de conseguir fidelizar os pacientes e melhorar a reputação. Avalie se você tem condições de absorver o aumento de volume de consultas sem comprometer a qualidade de serviço. Caso não consiga, talvez os convênios não sejam uma boa opção.

Neste artigo, você entendeu um pouco mais sobre como funciona o atendimento por convênio e conheceu as principais vantagens e desvantagens dessa modalidade. A realidade da sua clínica é um indicativo importante para tomar a decisão de atender ou não por esse tipo de plano. Lembre-se de que o consultório é como uma empresa, portanto precisa de lucro e competitividade.

Gostou deste conteúdo? Então, aproveite para nos seguir no Facebook e Twitter para receber mais informações relevantes sobre a gestão de clínicas e consultórios!

Dê-nos sua opinião