Telemedicina: Conheça agora as principais características!

Telemedicina: Conheça agora as principais características!

O uso da tecnologia na área da saúde pode ser observado nos mais diversos setores envolvidos. Isso inclui a realização de procedimentos, a gestão de instituições, a assistência em saúde diretamente e até mesmo a educação na área.

A telemedicina é um ramo específico dos avanços tecnológicos, cuja aplicação proporciona benefícios para profissionais e população. Embora já seja aplicado, o recurso apresenta potencial para melhorias e suas atuações estão sempre em pauta nas discussões do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Neste texto, abordaremos sobre o conceito de telemedicina, bem como as suas usabilidades na área da saúde e vantagens por ela proporcionadas. Continue a leitura!

O que é telemedicina?

O primeiro passo para identificar os benefícios da telemedicina é compreender em que consiste a prática. Em sua implementação são utilizados recursos digitais que possibilitam a troca de informações vinculadas com a saúde.

Tal fluxo de informações pode ser estabelecido entre profissionais graduados, entre estudantes e preceptores ou até mesmo entre pacientes e equipe de saúde. Contudo, vale reforçar que é necessário o aval do CFM, a fim de legalizar as práticas e torná-las mais seguras.

Em suma, as tecnologias utilizadas na telemedicina conseguem quebrar a barreira da distância, proporcionando assistência médica por meio da conexão entre diferentes redes, mas sem anular o contato que fortalece o vínculo entre colaboradores e usuários.

Quais as implementações dessa prática?

Sabendo quais são os princípios e características do recurso, confira a seguir algumas de suas possíveis aplicações!

Teleducação

A primeira situação que será comentada é o uso das mídias digitais em benefício da educação. O recurso é fundamental para conferências, aulas, simpósios e congressos em localizações cujo acesso físico seja prejudicado.

Contudo, esse não é o único motivo para uso em prol da educação. Mesmo que seja um local de fácil acesso, é possível contar com profissionais renomados, cujo conhecimento repassado será enriquecedor para a bagagem do aluno. Tudo isso sem exigir transtornos com deslocamento.

Assistência

Saindo do aspecto da educação, é possível que a telemedicina seja utilizada a favor da melhor assistência em saúde. Assim, ela possibilita a troca de informações entre profissionais e pacientes, independentemente de estar ou não no ambiente de consulta.

Em casos de dúvidas acerca do tratamento, por exemplo, o indivíduo pode entrar em contato com a equipe responsável e exigir esclarecimentos. Complementando, as informações podem ser trocadas entre os próprios profissionais, a fim de discutir casos e possíveis condutas.

Exames de imagem

Por fim, um uso específico da telemedicina figura em sua implementação na radiologia. Dessa forma, as imagens obtidas nos exames são enviadas para profissionais especializados na interpretação e laudação.

Os exames passam por uma análise sob responsabilidade de médicos competentes para tal, os quais estão aptos para diagnosticar à distância e de forma precisa.

Quais benefícios proporcionados pela telemedicina?

Diante dos aspectos já comentados sobre o recurso e suas principais aplicações, é possível levantar seus benefícios para a população. O primeiro deles é quebrar com barreiras de distância, o que valoriza a assistência e otimiza o tempo que seria dispendido em certas tarefas.

Ademais, com a legalização e fiscalização em cima das metodologias implementadas, há destaque para a segurança dos processos e registros envolvidos, reforçando a excelente ferramenta que representa a telemedicina.

Portanto, mesmo que seu uso já seja observado em diferentes aspectos da saúde, a tendência é que ele cresça ainda mais, visto que o potencial para desenvolvimento e adesão é alto. Cabe às instituições identificarem setores para implementação e investir, de fato, na telemedicina.

Viu só como a tecnologia é fundamental para redução de custos e otimização do tempo? Saiba agora mesmo como ela pode contribuir, ainda, para automação de processos em clínicas e consultórios!

Dê-nos sua opinião