Tags

clínica médica

O que é gestão de risco para clínicas médicas?

A gestão de risco para clínicas médicas traz uma segurança essencial para esses ambientes: a capacidade de lidar e garantir a otimização de capital e recursos da empresa de maneira responsável e qualificada. Isso porque essa gestão consegue oferecer maior segurança para questões importantes dentro do ambiente das clínicas, proporcionando maior qualidade, produtividade e também prevenção contra diversos tipos de problema. Para te ajudar a entender o que é a gestão de risco para clínicas médicas, por que ela é importante e por que aplicá-la nesses ambientes, nós, da SimDoctor, fizemos um artigo esclarecedor sobre o tema. Continue lendo e acompanhe! O que é gestão de risco? Na prática, gestão de risco é o termo destinado para qualquer tarefa e ação destinada à gerenciar, monitorar e controlar quaisquer ameaças à instituição, que neste caso são as clínicas médicas. Isso só é possível pela antecipação contínua de diversas condutas, procedimentos e até mesmo políticas internas que contribuam no controle de todos os eventuais riscos que possam acontecer. Quando falamos em gestão de risco para clínicas médicas, falamos em métodos capazes de otimizar a rotina da área da saúde e oferecer o melhor atendimento possível – em todas as suas pontas. Portanto, situações que comprometam a imagem da clínica, o meio ambiente, a integridade do paciente e a segurança de todos os envolvidos são considerados fatores de riscos, que podem ser pensados dentro da gestão. Por que a gestão de risco é importante? O principal benefício da gestão de risco é a capacidade da clínica médica de antever inúmeros problemas e prevenir diversos transtornos na sua rotina, que podem manchar a sua reputação, prejudicar o paciente e interferir negativamente nos processos. Portanto, esta gestão de risco é importante porque ela previne os erros ao invés de fazer com que a clínica lide com as suas consequências. Isso em todos os âmbitos possíveis, da forma como o atendimento é feito na clínica até o cuidado com os dados do paciente, seguindo a nova LGPD à risca e com seriedade, evitando, assim, o vazamento de dados. Mas este é só um exemplo. Antecipar algumas situações, incluindo-as no planejamento estratégico da empresa, é essencial para que a clínica médica funcione sem nenhuma intercorrência ou problema que poderia afetá-la de diversas formas. Alguns dos principais resultados da gestão de risco, além do que já foi citado, são: Fortalecimento da marca perante o mercado; Aumento da qualidade; Tomada de decisão mais assertiva; Gestão inteligente; Gerenciamento efetivo. Por que ter uma gestão de risco para clínicas médicas? A gestão de risco é uma metodologia eficiente da gestão de saúde que consegue controlar e intermediar possíveis riscos e trazer um aumento considerável na qualidade do atendimento. Tudo isso interfere positivamente na organização do espaço e traz muito mais eficiência à rotina. Além disso, quando falamos em gestão de risco eficiente em clínicas médicas, também falamos em maior segurança para a saúde do paciente, que deve ser um dos maiores beneficiados com a gestão preventiva do espaço. Ainda, conforme o Manual de Gestão de Risco da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), a gestão de risco traz benefícios como: Aumento na probabilidade de atingir os objetivos; Melhoria na governança; Estabelece uma base confiável para a tomada de decisão e planejamento, privilegiando uma gestão proativa; Melhoria na eficácia e eficiência operacional; Promove a eficiência na utilização e alocação dos recursos disponíveis na clínica; Melhoria na identificação de oportunidades e de ameaças, bem como a prevenção de perdas e a gestão de possíveis incidentes; Melhoria na aprendizagem governamental. Como fazer uma boa gestão de risco? Atualmente, é possível usar diversas ferramentas e metodologias para fazer uma gestão de risco qualificada, inclusive formas tecnológicas que ajudam a identificar problemas com maior rapidez. O software médico é uma dessas maneiras. Isso porque o software médico conta com diversos recursos que permitem a otimização da rotina da clínica e do cuidado ao paciente, além de abraçar todas as necessidades que uma gestão de risco necessita – em todos os seus âmbitos. O software médico da SimDoctor, por exemplo, conta com gestão de clínica, que contribui tanto nas tarefas do dia a dia quanto de maneira preventiva, a fim de identificar possíveis problemas e alertar os gestores para seu reparo imediato. Com uma tecnologia como a presente na ferramenta da SimDoctor, é possível fazer a gestão de risco com maior tranquilidade e muito mais eficiência, personalizando os recursos conforme as necessidades de cada clínica médica. Além disso, o software da SimDoctor oferece uma funcionalidade importante dentro da gestão de risco: a emissão de relatórios. A ferramenta gera diferentes tipos de relatórios e acompanha os desempenhos da clínica, permitindo que os gestores avaliem o andamento das marcações, identificando, ainda, parâmetros referentes ao cancelamento (horário, frequência e motivos), entre outras questões. Abaixo, confira alguns dos tipos de relatórios emitidos pelo software:  Relatórios de atendimentos; Procedimento; Tempo de espera do paciente na clínica; Duração da consulta; Finanças da clínica; Taxa de retorno. E muito mais! Outras funcionalidades do software médico da SimDoctor Além de ser excelente para a gestão de risco, o software da SimDoctor ainda oferece outras funcionalidades, como: Agenda online: dá para saber quais são os horários livres, quando é o próximo atendimento, se o paciente confirmou presença, se já está na clínica, além de alguns tipos de busca mais avançada por data ou nome do paciente. Tudo isso de um jeito muito prático e acessível a qualquer momento do dia. Prontuário eletrônico: os registros indicam detalhes, incluindo histórico familiar, motivo da queixa inicial, diagnóstico e tratamento, prescrição de medicamentos, exames laboratoriais e outros detalhes vitais necessários para fornecer assistência aos pacientes. Teleconsulta: a telemedicina veio para ficar e a SimDoctor oferece formas de implementação. Com a teleconsulta, os pacientes podem receber atendimento de qualquer lugar sem precisar comparecer à clínica ou consultório. Mas não é só isso. Existem outras funcionalidades que fazem do software da SimDoctor o melhor para a sua clínica, seja para a gestão de risco ou não. Quer saber mais? Clique aqui

Continuar lendo