Aprenda agora como emitir nota fiscal para clínicas e consultórios!

Aprenda agora como emitir nota fiscal para clínicas e consultórios!

Estar de acordo com a lei é uma das obrigações de uma empresa. A emissão de nota fiscal para clínicas está dentro da legislação do Imposto de Renda. Dessa maneira, todos os profissionais de saúde precisam emiti-la com o mesmo valor do serviço prestado ao paciente.

Além de cumprir a sua obrigação legal, as notas são importantes para manter o controle financeiro do seu negócio. Uma boa solução para agilizar os processos é recorrer à nota fiscal eletrônica, que agiliza os serviços administrativos e traz outros benefícios.

Neste artigo, falaremos sobre a obrigatoriedade da emissão de nota fiscal, daremos dicas para fazer isso de forma correta e também falaremos sobre os benefícios da opção eletrônica. Acompanhe!

A emissão da nota fiscal para clínicas é obrigatória?

Algumas empresas ainda têm dúvidas sobre a obrigatoriedade da emissão da nota fiscal, porém isso não deve entrar em discussão. Ela é um direito do cidadão, que pode recorrer à justiça caso se sinta prejudicado pela clínica ou consultório.

A nota ainda é importante para que o contribuinte possa descontar as despesas com a saúde do Imposto de Renda. Esse desconto pode ser aplicado em tratamentos, exames ou demais serviços que envolvam uma clínica médica ou dentária. Portanto, o documento é de extrema importância para os pacientes.

Além disso, a emissão é uma proteção para a empresa, então emita mesmo que o cliente não exija o recibo. Essa prática ajudará a evitar contratempos e situações desagradáveis para a empresa. É bom lembrar que a não emissão da nota fiscal pode gerar uma denúncia por parte do paciente, o que acarretará processos judiciais e problemas financeiros para a clínica.

Como emitir da maneira correta?

Existem vários tipos de nota no Brasil, por isso, é fundamental se informar e descobrir qual é a ideal para o seu negócio. Além disso, é importante saber qual é o regime de tributação em que sua empresa se enquadra. Sobre os dois temas falaremos abaixo.

Saiba qual o tipo de nota que você deve emitir

Os modelos de notas mais utilizados no mercado são:

  • nota fiscal de produto (NF-e) — esse modelo é usado na venda de produtos físicos. É utilizada por e-commerces ou lojas físicas;

  • nota fiscal de serviço (NFS-e) — é utilizada para a prestação de serviços, tanto no ambiente online como no offline. Esse é um modelo bem utilizado nas clínicas e consultórios;

  • nota fiscal de consumido (NFC-e) — é uma nota que está substituindo o cupom fiscal, amplamente utilizado no país. Ela é uma alternativa prática, pois é emitida pela internet e diminui a utilização de papel.

Preste atenção ao regime de tributação da sua empresa

Outra preocupação importante deve ser descobrir qual é o regime de tributação da sua empresa. Os serviços médicos podem estar enquadrados em diferentes tipos de tributação. Nessa área, a escolha costuma variar entre o Simples Nacional e o Lucro Presumido. Entenda como funciona cada um!

Simples Nacional

A análise para saber se você se enquadra nesse regime é feita baseada no faturamento da empresa. No caso de microempresas, o faturamento anual pode chegar a R$ 360 mil. Já as pequenas empresas podem chegar até R$ 4,8 milhões.

Lucro Presumido

Esse regime serve para empresas que faturam até R$ 78 milhões por ano. Assim, a pessoa jurídica tem uma alíquota a partir de 16,33% (impostos federais + ISS). As clínicas que se enquadram nessa modalidade também precisam adquirir o certificado digital, o que é comum para quem emite notas fiscais de forma eletrônica.

Quais são os benefícios da nota fiscal eletrônica?

A tecnologia deve ser uma aliada para qualquer empresa. A nota fiscal eletrônica é um avanço tecnológico que pretender ajudar a organizar a emissão de documentos das negociações de compra e venda, sejam elas de produtos ou serviços. Essa transformação traz benefícios para o seu negócio. Confira quais são!

Redução de custos

A redução de custos é uma busca constante de qualquer negócio. Como a emissão é feita pela internet, os gastos com papéis e armazenamento não estarão mais nas suas contas. Além do alívio financeiro, também contribui para a economia de espaço, já que não será necessário reservar um local para guardar esses documentos.

A economia de espaço e dinheiro permite que você possa investir em outras áreas e serviços da clínica, aperfeiçoando o trabalho, melhorando a experiência do paciente e atraindo mais clientes para o seu negócio.

Segurança

Outro benefício importantíssimo é a maior segurança que você terá sobre esses dados. Como não há a impressão dos papéis, também não há a possibilidade de extravio desses documentos. As informações ficam protegidas no sistema online e podem ser acessadas facilmente no momento que for necessário.

Praticidade e agilidade

Você pode encaminhar a nota para o paciente por meio eletrônico. Isso contribui para a praticidade do negócio e poupa tempo de serviço, já que não será necessário digitar todos os dados e conferir se estão corretos. Dessa forma, sobra mais tempo para outros serviços da clínica.

Além disso, essas informações ficam guardadas no sistema por seis meses, agilizando o acesso a dados antigos. Você pode fazer consultas sempre que for necessário e sem se enrolar no meio de milhares de papéis.

Controle fiscal

A maior transparência desse sistema é importante para ter mais controle sobre os aspectos financeiros da sua empresa. Com o intercâmbio dessas informações com os fiscos, o trabalho passa a ser mais confiável, pois a fiscalização se torna mais fácil de ser feita e tende a ser mais detalhada. Como tudo é feito de maneira mais clara e objetiva, a confiança dos pacientes aumenta em relação aos seus serviços e a credibilidade da marca também é reforçada.

Neste artigo, você aprendeu como emitir nota fiscal para clínicas. Estar de acordo com a lei é fundamental para a credibilidade do seu negócio frente aos pacientes. Portanto, busque todas as informações necessárias para agir de acordo com as especificações da sua empresa e demonstrar transparência para os seus clientes.

Gostou deste post? Aproveite para nos seguir no Facebook, Twitter e LinkedIn e receber mais conteúdos relevantes para a sua empresa!

Dê-nos sua opinião