Como o e-mail marketing para clínica pode ajudar na fidelização?

Como o e-mail marketing para clínica pode ajudar na fidelização?

As profissões da área da saúde estão se tornando cada vez mais competitivas: há alguns anos, acompanhamos a criação de novas escolas de medicina em várias cidades do país. Em pouco tempo, juntamente com a crescente concorrência no setor, haverá maior necessidade de estratégias para a fidelização de pacientes. Para suprir esse objetivo, você já cogitou usar o e-mail marketing para clínica?

Hoje em dia, o marketing permeia tudo o que fazemos; na medicina, ele está em franca ascensão. Seu uso permite que um empresário consiga levar seu nome e sua marca mais longe, cunhando seu lugar no mercado. Para qualquer profissional que abra sua própria clínica, o marketing médico se tornou essencial.

De olho nesse cenário, este artigo trará algumas informações sobre o e-mail marketing, uma ferramenta importante para a propaganda de consultórios. Falaremos sobre seus principais conceitos e como ele pode ser útil para sua clínica. Por fim, daremos algumas dicas para implementá-lo com a maior eficácia possível. Vamos lá?

Afinal, o que é o e-mail marketing?

Esse é o nome dado para as atividades de marketing que têm como principal meio os correios eletrônicos. Você provavelmente já recebeu alguns: livrarias oferecendo seus lançamentos, aplicativos de vendas com descontos exclusivos e até mesmo propagandas de restaurantes. Esses são exemplos rotineiros de e-mail marketing, nas mais diversas áreas do mercado.

Essa modalidade de divulgação tomou força nos últimos anos devido à proximidade que ela oferece entre empresários e clientes. No e-mail marketing para clínica, não é diferente. Ele permite que você se aproxime de seu futuro paciente de uma maneira leve e dinâmica. Com uma boa estratégia de marketing digital, você consegue acertar no público-alvo e disseminar ainda mais o seu nome.

Como ele pode ajudar na fidelização?

As impressões que os pacientes têm de seus médicos se iniciam antes mesmo do momento da consulta. Elementos sutis muitas vezes fazem toda a diferença para proporcionar a melhor experiência possível a eles. De posse dessa informação, você pode adotar estratégias que aumentem ao máximo a confiança de seu público.

O e-mail marketing é uma ferramenta que vincula sua imagem a um conteúdo específico, que será ofertado gratuitamente ao paciente. Ambos se beneficiam dessa relação: ele pode sanar dúvidas corriqueiras e você pode dar uma demonstração de seu profissionalismo e conhecimento. Com isso, o paciente terá uma ideia do que esperar de você no momento da consulta.

Além disso, o e-mail marketing para clínica deixa você sempre presente no cotidiano do seu paciente. Os riscos de ele se esquecer de alguma consulta ou abandonar algum tratamento se tornam menores. Por fim, ofertar esses conteúdos é uma maneira de trazer autoridades às suas informações, tirando dúvidas cotidianas do seu público.

Como utilizar o e-mail marketing para clínica?

Quando se opta por essa forma de contato com o paciente, é importante ter em mente algumas informações. Definir um público-alvo, por exemplo, faz com que você adeque seu conteúdo a quem você quer atingir. Além disso, é possível direcionar os e-mails para um grupo específico de pessoas que se encaixam em sua especialidade médica.

O correio eletrônico é uma modalidade muito característica, fazendo com que a mensagem siga um estilo específico. Para isso, use seu bom-senso: mensagens excessivamente formais se tornam desinteressantes, enquanto as coloquiais contrariam a postura elegante que os médicos geralmente têm. Sempre que se dirigir eletronicamente a um paciente, pense em como você mesmo gostaria de ser informado por e-mail.

Conhecer mais de perto as diferentes modalidades da divulgação de consultórios médicos, em breve, será essencial para a área da saúde. Nesse contexto, o e-mail marketing para clínica se tornou um método fácil e eficaz de fidelização de seus pacientes. Se você quer saber mais informações sobre marketing médico, assine nossa newsletter! Estamos sempre falando a respeito desse assunto.

Dê-nos sua opinião